Mini horta de temperos em casa ou apartamento - Reciclar e Decorar - Blog de Decoração, Reciclagem e Artesanato

Mini horta de temperos em casa ou apartamento

18 de agosto de 2016

Para quem gosta de cozinhar ter sempre  a mão temperos frescos é fundamental.
Os pratos ganham um sabor inigualável e o perfume pela casa ...hummm que delícia!

Por isso é super prático ter uma mini horta de temperos em casa



Hortelã, manjericão, pimenta, alecrim, tomilho, salsinha orégano, sálvia...
E a melhor parte é que você decora o ambiente também de forma bacana.
Você pode usar canecas, xícaras, garrafas, latas, caixas de madeira,bules, vasos, vidros ou o que a imaginação permitir.

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos
Para montar um cantinho verde, temos que ter alguns cuidados segundo matéria da Revista Globo Rural:

É necessário um local ensolarado e, claro, disposição. “É preciso regar, adubar, controlar pragas. É como ter um bichinho de estimação. Dá trabalho, mas vale a pena”,
 afirma o agrônomo Laurent Serrigny, dono da Horta em Casa.

O ideal é um local que receba cerca de 3 a 4 horas de sol por dia. É preciso também verificar o manejo correto de cada planta e fazer combinações que funcionam, pois há espécies que precisam de mais sol e outras de mais sombra.
Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos
Manjericão
Usado, principalmente, em molhos para massas carnes, e no tempero de omeletefrango salada, o manjericão precisa ser cultivado em lugares com temperatura superior a 18°C. Em regiões em que o clima quente predomina, pode ser cultivado o ano todo. Além da temperatura, o manjericão precisa ser plantado em lugar com alta luminosidade, onde fique exposto a, pelo menos, 3 horas de sol por dia. O solo em que a muda for plantada deve receber irrigação diária e moderada.
O manjericão pode ser colhido entre 60 e 90 dias após o plantio.
Alecrim
Ideal no tempero de diferentes tipos de carnes, o cultivo do alecrim é recomendado para quem não tem tanto tempo para se dedicar à horta, já que pode passar até três dias sem ser regado. Logo que é plantado, porém, recomenda-se que o solo seja regado com frequência. Quando está desenvolvido, deve-se diminuir a frequência para que o solo fique levemente seco. Além disso, o alecrim se adapta a diferentes temperaturas, desde que não beirem extremos.
O alecrim pode ser colhido em cerca de 90 dias após o plantio.
Salsa
Frequentemente usada para ressaltar o sabor de alimentos como sopassaladas, omeletes, suflês carnes, a salsaprecisa ser plantada em lugar com clima ameno, que não ultrapasse os 22°C, ou pode florescer precocemente. A planta precisa de luz solar, mas é preciso evitar os horários mais quentes do dia. Uma dica é deixá-la em local com sombra parcial, que permita que ela absorva a luminosidade, sem ficar exposta a altas temperaturas. O solo em que a salsa está plantada deve estar sempre úmido, sem ficar encharcado.
A salsa pode ser colhida quando a planta tem entre 12 centímetros e 16 centímetros de altura, o que acontece entre 60 e 90 dias após o plantio.
Tomilho
Utilizado bastante em molhos e em carnes cozidas, o tomilho é uma planta extremamente adaptável, podendo ser cultivada em locais com temperaturas entre 4°C e 28°C. É recomendado que seja irrigado a cada dois dias, porque quanto menor a umidade do vaso em que está plantado, melhor o aroma do tomilho. A muda necessita de alta luminosidade, precisando de luz solar direta por, pelo menos, 5 horas diárias.
O tomilho pode ser colhido entre 60 e 90 dias após o plantio, quando a planta está em pleno florescimento.
Orégano
Popularmente conhecido por ser usado em pizzas, o orégano também é bastante utilizado em molhos assados. O ideal é que a planta fique em um local com temperatura entre 21°C e 25°C, mas o orégano é bem adaptável, sobrevivendo a temperaturas mais altas ou bem mais baixas. É recomendado que o solo não fique seco por muito tempo nem muito úmido. O orégano precisa receber, pelo menos, 4 horas diárias de luz solar direta e, quanto mais luz solar receber, mais aromáticas crescerão as folhas.
O orégano pode ser colhido quando a planta atingir cerca de 20 centímetros de altura.
Hortelã
Tradicional na culinária árabe, a hortelã também é usada na decoração de pratos, no tempero de assados grelhados e no preparo de chás. Como tem raiz muito profunda, recomenda-se que seja plantada isolada em um vaso, para que não atrapalhe o desenvolvimento das plantas vizinhas. Deve ser plantada em local de temperatura amena e bem protegido do vento, que impede seu crescimento. O ideal é que o solo em que a hortelã está plantada esteja sempre úmido e nunca fique seco durante o desenvolvimento.
O melhor momento para colher é hortelã é quando está florescendo, momento em que o sabor e o aroma estão mais intensos.
Pimenta
Com sabor picante, a pimenta é bastante utilizada em molhostemperos conservas, além de acompanhamentodurante a refeição. Assim como a hortelã, deve ser plantada em vaso isolado, já que precisa de bastante espaço para se desenvolver. As pimentas devem ser plantadas em local que não ultrapasse os 34°C. É preciso ficar atento às particularidades de algumas espécies. Algumas pimentas, como a Jalapeño, precisam ser cultivadas em climas mais úmidos; outras, como a Habanero, preferem climas completamente secos. Independentemente da espécie, as pimentas se desenvolvem melhor em ambientes muito bem iluminados.
A colheita da pimenta varia entre 80 e 150 dias após o início do cultivo.
Sálvia
Usada para temperar carnes gordurosas e para decorar pratos, a sálvia cresce melhor em temperaturas amenas ou mais baixas. Diariamente, é preciso que a planta seja exposta à luz solar por, pelo menos, 2 horas. O solo deve ser mantido úmido durante todo o cultivo. Se a sálvia estiver plantada em local de temperatura mais baixa, a umidade deve ser mais branda.
A colheita da sálvia pode ser feita entre 90 e 120 dias após o plantio, quando as plantas estão bem desenvolvidas.


Inspire-se e tenha sua mini horta de temperos na sua casa ou no seu apartamento 

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos
Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos


Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperosComo criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos


Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Como criar em sua casa ou apartamento uma pequena horta de temperos

Se você gostou  compartilhe em suas redes sociais e ajude o ReD a continuar produzindo conteúdo de qualidade para te inspirar. 

Siga a gente no nosso Facebook, no Pinterest e no nosso Instagram

Seja sempre bem-vindo(a) ao Blog de Decoração, Reciclagem e Artesanato Reciclar e Decorar!
Inspiração é o que não falta aqui para deixar sua casa linda do seu jeito, de forma econômica e criativa

Um beijo
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

2 comentários:

  1. Estou começando a minha, Fabi. Vamos ver quanto tempo vai durar.
    Bjka

    ResponderExcluir
  2. AMEI NO GRAU MIL esse post!!!! Incrível como a gente pode fazer o que quer se colocarmos amor e vontade. Obrigada, sempre bom vir aqui, estava com saudade! Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir

Seja sempre bem-vindo(a) ao Blog de Decoração, Reciclagem e Artesanto Reciclar e Decorar!

Dúvidas e sugestões entre em contato pelo e-mail: reciclaredecorar.blog@gmail.com

Inspiração é o que não falta por aqui !